0
Arquidiocese de Colónia condenada a pagar 300.000 euros a vítima de abusos sexuais

Colónia, 13 jun 2023 (Lusa) – A arquidiocese de Colónia foi hoje condenada a pagar 300.000 euros de indemnização a um homem que foi vítima de múltiplos abusos sexuais cometidos por um padre na década de 1970.

A vítima, de 62 anos, foi alegadamente abusada sexualmente mais de 300 vezes por um padre católico neste período.

O tribunal de Colónia (Renânia do Norte-Vestefália) condenou a arquidiocese onde o padre prestava serviço a pagar-lhe 300.000 euros, assim como a cobrir eventuais tratamentos futuros por danos psicológicos, segundo um porta-voz do tribunal.

A vítima reclamava 750.000 euros e a decisão ainda é suscetível de recurso.

A arquidiocese não contestou as acusações contra o padre e não tentou argumentar com a prescrição.

Esta decisão poderá alterar a forma como são pagas as indemnizações às vítimas de agressões cometidas por padres.

Até agora, a igreja concedia a indemnização depois de remeter o caso para a Comissão Independente para o Reconhecimento (UKA), em Bona.

Até à data, as vítimas receberam um total de cerca de 40 milhões de euros, dos quais 28 milhões em 2022.

De acordo com um inquérito universitário revelado em 2018, 3.677 crianças na Alemanha foram abusadas sexualmente por membros do clero, entre 1946 e 2014.

Como os autores não tiveram acesso a todos os arquivos, pensa-se que o número real seja muito mais elevado.

Todas as dioceses abriram entretanto inquéritos independentes para esclarecer a extensão dos abusos.

SMM // MAG

Lusa/fim

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 − three =