Um quarto dos juízes acredita que há corrupção na justiça mesmo que seja “muito raramente”

0
Num conjunto de quase 500 magistrados judiciais portugueses que responderam ao mais recente inquérito da Rede Europeia de Conselhos de Justiça, 26% dizem acreditar que alguns juízes receberam subornos nos últimos três anos. Também 27% acreditam em irregularidades na distribuição de processos judiciais.

O quarto inquérito feito a juízes sobre a avaliação que fazem da sua independência, individual ou de todo o sistema, realizado pela Rede Europeia de Conselhos de Justiça desde 2015, revela que em Portugal, mais de um quarto dos inquiridos (26%) acredita que nos últimos três anos juízes aceitaram subornos ou envolveram-se em outras formas de corrupção. Isso pode ter acontecido frequentemente (para 1% dos inquiridos), ocasionalmente (para 6%) ou muito raramente (19%).

Fonte: publico.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × three =