Hoje é o último dia para as famílias pedirem apoios do Estado

0
O apoio vai até a um máximo de 635 euros, o equivalente ao salário mínimo nacional. Este pedido já aconteceu no passado mês de abril, e vai ainda acontecer em maio e junho.

As famílias têm até hoje para pedirem os apoios excecionais ao Estado devido à quebra de rendimentos causados pela pandemia de Covid-19. Estes pedidos começaram no passado dia 1 de maio e terminam este domingo, 10 de maio.

Todas as famílias de “trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes e membros de órgãos estatuários” podem entregar o pedido de apoio à Segurança Social por terem verificado falta de rendimentos durante a pandemia.

Para realizar este pedido, os trabalhadores não precisam de ter 12 meses de descontos seguidos, podendo apresentar seis meses interpolados ou três meses seguidos de descontos. Também os pais com crianças até aos 12 anos, que têm de ficar em casa com os filhos, podem aceder a este apoio.

O apoio vai até a um máximo de 635 euros, o equivalente ao salário mínimo nacional. Este pedido já aconteceu no passado mês de abril, e vai ainda acontecer em maio e junho. Os pedidos de apoios serão sempre referentes ao mês anterior.

Segundo uma nota da Segurança Social, é importante registar o IBAN na Segurança Social Direta, uma vez que os apoios excecionais “serão pagos apenas por transferência bancária”. Este apoio financeiro deve ser requerido através de um formulário disponível na Segurança Social Direta.

(Fonte: Jornal Económico)


COLOCAR DÚVIDA

Se tem alguma dúvida que gostaria de nos colocar, preencha este formulário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

ten − two =